Decisão de Macron provoca queda nas bolsas da Europa: como se proteger da instabilidade econômica

广告位火热招租中

Bolsas da Europa fecham em queda após vitória de partidos de extrema direita

As bolsas da Europa fecharam em queda nesta segunda-feira, com os investidores avaliando o impacto da vitória dos partidos políticos de extrema direita nas eleições do Parlamento Europeu, levando o presidente da França, Emmanuel Macron, a convocar uma votação antecipada em resposta às perdas significativas sofridas por seu partido.

Ao final da sessão, os índices das principais bolsas europeias apresentaram os seguintes números:

  • Stoxx 600: queda de 0,26% a 522,16;
  • FTSE da Bolsa de Londres: recuo de 0,20% a 8.228,48 pontos;
  • Dax de Frankfurt: perda de 0,37% a 18.488,33;
  • CAC 40 de Paris: queda de 1,35% a 7.893,98 pontos.

Devido a esse cenário, Macron anunciou a dissolução do Parlamento e a convocação de eleições para 30 de junho, com segundo turno em 7 de julho, o que impactou os índices acionários europeus, especialmente o CAC 40 de Paris.

Mais lidas do valor-investe

  • Gastar Bem: Aposta de Ponta Grossa (PR) fatura sozinha os R$ 114,1 milhões da Mega-Sena; veja números sorteados.
  • Empresas: O varejo vai bem no Brasil, mas o setor vai mal na bolsa. Isso pode mudar e quando?
  • Empresas: Qual é a companhia brasileira a trocar a Nasdaq pela B3 pela primeira vez?
  • Empresas: Eletrobras (ELET3); Petrobras (PETR4); Apple; Nvidia: veja os destaques das empresas.
  • Bolsas e índices: Só dois índices da bolsa sobem. Veja quais e como investir.
Europa — Foto: Getty Images
Europa — Foto: Getty Images


Por /valor-investe


广告位火热招租中